[SC] A Chegada

Quando misteriosas naves espaciais aterrissam em todo o mundo, uma equipe de elite – liderada pela linguista Louise Banks – é reunida para investigar. Enquanto a humanidade hesita à beira de uma guerra mundial, Banks e sua equipe correm contra o tempo em busca de respostas – e para encontrá-las, ela terá de se arriscar colocando em perigo a própria vida e, muito possivelmente, a do resto da humanidade.

Baseado no conto “The Story Of Your Life”, de Ted Chiang, o filme segue a batuta do diretor Denis Villeneuve (Os SuspeitosSicário – Terra de Ninguém) que trabalha toda uma esfera de suspense (mesmo o filme sendo classificado como ficção científica, o que gera uma curiosidade a mais e nos dá um gostinho de quero mais). A direção do longa deixa bem claro que a história do filme traz uma interação social entre humanos e extraterrestres e sobre como poderíamos lidar com esta situação.

Vários conceitos de filmes de ficção científica são empregados no filme como desdobramentos de tempo, viagens espaciais, contato com outra uma espécie, conceitos sobre a gravidade lembrando filmes como por exemplo Interstellar e Contato.

No elenco temos grandes celebridades como Amy Adams (Dra. Louise Banks),  Jeremy Renner (matemático Ian Donnelly) e o ator Forest Whitaker (Coronel Weber).   A história parece ser bem confusa e misteriosa com várias hipóteses sendo criadas pelo público até o clímax no final, aonde todas aquelas pontas soltas que vimos durante o decorrer da história terminam bem amarradas, gerando im “grand finale” ao filme.

A Chegada tem um impacto certo junto ao grande público com uma fotografia primorosa de Bradford Young (O Ano Mais Violento) e Jóhann Jóhannsson, um ambiente certo para deixar o público tenso e curioso do começo ao fim.