[SC] Globo e Canal Viva fazem homenagem ao centenário de Chacrinha

Em homenagem ao centenário de Chacrinha (1917-1988), a Globo e o Viva preparam o inédito Chacrinha, o Eterno Guerreiro.  Assim como no teatro, Stepan Nercessian se encarregará de interpretar Abelardo Barbosa.

Com direção artística de Rafael Dragaud e direção-geral de Daniela Gleiser, o programa fará uma reverência ao ‘Velho Guerreiro’ e vai celebrar a atmosfera do inesquecível Cassino do Chacrinha, misturando elementos da época com a tecnologia atual.

Stepan-Nercessian

O cenógrafo Mario Monteiro modernizou o palco, mantendo os tubos que imitam metal, mas acrescentando 7 telões de LED e videografismos, que vão alternar diversas imagens.

Chacretes, plateia com caravanas e jurados também estarão presentes. Dani Calabresa e Marcelo Adnet estarão no elenco.

Passam pelo palco cantores que conheceram o apresentador e também quem sempre sonhou em estar ao lado de Chacrinha, como Roberto Carlos, Sidney Magal, Fábio Júnior, Ney Matogrosso, Alcione, Ivete Sangalo, Anitta e Marília Mendonça.

Vai ao ar em agosto no Viva, e em setembro na Globo.

José Abelardo Barbosa de Medeiros, mais conhecido como Chacrinha (Surubim, 30 de setembro de 1917 — Rio de Janeiro, 30 de junho de 1988), foi um comunicador de rádio e televisão do Brasil, apresentador de programas de auditório de grande sucesso das década de 1950 a 1980. Foi o autor da célebre frase: “Na televisão, nada se cria, tudo se copia”. Em seus programas de televisão, foram revelados para o país inteiro nomes como Roberto Carlos, Perla, Paulo Sérgio e Raul Seixas, e muitos outros.

Desde a década de 1970 era chamado de Velho Guerreiro, conforme homenagem feita a ele por Gilberto Gil que assim se referiu a Chacrinha numa conhecida letra de canção que compôs chamada “Aquele Abraço”.

Chamada do Programa no canal Viva

Sandra de Sá no programa

 

Fonte: Jornal Estadão