[SE + SG] Casa de Máquinas

DSC_1555

Bar Encounter

E dos vapores do passado poderia se erguer o futuro, mas encontramos o presente, e que presente encontramos para as máquinas e suas histórias.

No sábado, 21 de janeiro de 2017, ocorreu no Bar Encounter em Pinheiros um evento de lançamento das mais recentes expansões do Universo Brasiliana Steampunk, debaixo de muita água.

DSC_1618

Kevin DSC_1618Talarico e Samanta Geraldini

Após uma bem sucedida campanha de Crowdfunding, o projeto de card game baseado no Universo criado por Enéias Tavares tomou forma e inicia sua jornada. Nesse momento em que os primeiros apoiadores recebem suas recompensas é a hora de começar a movimentar também o pessoal que por um motivo ou por outro acabaram não entrando no projeto desde o início.  O Thiago e o Mário Márcio já receberam os jogos deles. O meu foi comigo para casa depois do evento.  Kevin Talarico e Samanta Geraldini, criadores do jogo pela sua produtora Portanto Cat, estavam presentes para apresentar sua criação.  Era comum encontrá-los explicando a mecânica do jogo ou até jogando com o pessoal quando o movimento permitia.  Kevin me passou orientações em relação a mecânica do jogo que parece começar de maneira muito simples, mas vai ganhando diferentes nuances e aspectos com o uso de cartas adicionais (já presentes no jogo).

É importante ressaltar também a excelente qualidade gráfica do jogo, aspecto que tem sido uma constante nos projetos do Brasiliana Steampunk.

Como se não fosse o bastante, duas cartas adicionais eram presenteadas a quem comprava o jogo no evento. Essas cartas são de uma tiragem extra e só quem esteve nos eventos da Potato Cat conseguiu obtê-las. Além delas, existe ainda uma terceira carta secreta que só pode ser obtida ao vencer os criadores em seu próprio jogo…Alguém se habilita?

DSC_1630

Paulo Carvalho e Rodrigo Fernandes

Se  o começo de tudo, A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison (Editora Leya) estava entre o material apresentado, a novidade tinha muito mais destaque. Sua versão em Audiobook tinha vouchers sendo vendidos para audição através da Toca Livros. Paulo Carvalho, do Caixa de Histórias, narrador da versão em Audiobook estava por lá. Sua parceira nessa produção Joy Japi não estava presente, mas a equipe da Toca Livros compareceu em peso dando grande destaque a produção.

O Audiobook é muito rico com efeitos e trilha no nível dos maiores títulos americanos.  Em parte, o fato de estarmos prontos tão rapidamente para esse salto de qualidade em uma mídia nascente no nosso país vem, em minha opinião, dar diferença de como o podcast é encartado aqui e lá. Se nos Estados Unidos grande parte dos casts vem apenas de conversas, sem vinhetas, músicas, vírgulas sonoras e efeitos, aqui no Brasil estes são comuns em podcasts de todos os tamanhos.  Esse expertise é visível na produção.

O aplicativo ainda exige algum trabalho para se tornar mais amigável e estável, mas isso vem com o tempo. A Toca Livros funciona pelo sistema de assinaturas ou o áudio livro pode ser adquirido diretamente pelo voucher ou site.

Depois de pouco tempo, a chuva começa a diminuir e do mesmo jeito que diversos admiradores da obra aproveitam para chegar, alguns caracterizados, eu aproveito para ir antes da próxima enchente.

Grande evento e trabalho!!! Todos os envolvidos pareciam muito empolgados e felizes com a resposta do pessoal que ia chegando, apesar da chuva, às novas obras desse Universo.

Gostaria de concluir agradecendo toda a paciência da equipe em esclarecer cada detalhe, inclusive após o evento, a fim de entregarmos a melhor informação possível à vocês.

Abraços,

Rodrigo Fernandes.

Fotos por: Fernanda Tiemi.

DSC_1560

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>