SpheraBio #06 – Meninas também jogam Futebol!!!

futebol-feminino

Bem-vindos, amigos e amigas do SpheraGeek,

Hoje, diretamente aqui do do Rio de Janeiro iremos falar de um assunto muito sério.

Eu, Thiago Simão e a Dona da Poltrona, Anninha, seremos meros comentaristas, e quem irá iniciar os trabalhos do Blog é a Júlia Silva. (heeeeeee)

Trazendo um assunto muito sério, sobre o preconceito em relação às as jogadoras de futebol.

Vamos para  o texto dela e no final do jogo eu e a Anninha estaremos comentando sobre essa partida!!!

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=0ilxebKYFHw]

Texto

Um dos meus esportes favoritos é o futebol. Sempre joguei desde quando tinha uns 5 anos e sempre com meninos. Alguns me ajudaram muito, por ser a única garota do prédio que gostava e gosta ainda de jogar futebol.

Já sofri muitos preconceitos por praticar este esporte, tanto de meninos como de meninas, me atribuíam a qualidade de “sapatão”, “mulheque macho”, me chamavam de estranha, entre outras coisas.

Mas, nunca deixei isso me abalar, senão eu não estaria jogando hoje, já teria parado há muitos anos. Já caí muito, mas sempre levantei e ergui a cabeça.  Continuei jogando e estou praticando esporte até hoje.

Júlia Machado

Atleta 

Comentários

Thiago Simão: Infelizmente no país do futebol temos preconceitos que há tempos em alguns países já foram por muitos superados. Países mais sérios nesse teor tem times fortes e incentivam cada vez mais, sendo melhores até que os times masculinos e alcançando marcas nuncas chegadas antes.

O que acha Aninha?

 Para mim, ainda há preconceito. O que acho um tremendo absurdo porque as meninas podem jogar e gostar de futebol, sem perder a feminilidade. Pessoas da minha família achavam esquisito eu gostar tanto de futebo le comentar. Um hobby que acabou se transformando em profissão porque estudei Jornalismo e depois fiz pós-graduação em Jornalismo Esportivo. Agora, alguns se acostumaram com essa minha paixão futebolística. Não entendiam o fato de eu ver os jogos durante a semana e nos fins de semana. Minha mãe, não. Ela até me defende e me estimula ,comentando sobre jogos e sobre notícias que ela lê que possam me interessar.Vá em frente, Julia. Você tem muito talento!

 

Final da Transmissão

E terminamos aqui mais um show de bate papo/bola… Até a próxima!!!

futebol-feminino (1)