SpheraGames #06 – Que venha o Oculus Rift!!!

Olá geeks,

O mercado dos games nunca para de se renovar. Muitas dessas mudanças não passam de pequenas adaptações numa tecnologia já estabelecida, ou mesmo se resumem a implementações de ideias antigas que ainda não foram exploradas em todo seu potencial. Esses avanços são naturais nesse nicho e contribuem para que o mercado de games seja um dos mais rentáveis e crescentes em todo o mundo. Na última segunda-feira (28/03) mais um passo foi dado nesse progresso: Foi lançada a realidade virtual.

O Oculus Rift é um projeto da empresa Oculus, idealizado por Palmer Luckey, fundador  da empresa, e recebeu mais de 2,4 milhões apenas de financiamento coletivo no Kickstarter. Ao todo, o projeto custou mais de 91 milhões, e o produto final está chegando às lojas pelo preço de US$ 600.

Independente de especularmos se o produto fará sucesso ou não, ou mesmo se o preço está muito elevado para a realidade do jogador casual, é fácil concluirmos que a experiência com jogos eletrônicos está a um passo de mudar radicalmente. A realidade virtual, tão utilizada como algo futurístico em filmes e livros nas décadas de 80/90, chega ao mercado trazendo a promessa de redefinir o que entendemos como “jogabilidade”.

Vale dizer que outras “novidades” já surgiram com essa mesma premissa no passado e falharam por diversos motivos (vide kinect), mas tenho a impressão que dessa vez será diferente. A busca por imersão pode ser observada não somente nos desenvolvedores, mas também no próprio consumidor final. Não é atoa que os maiores sucessos dos últimos anos tem sido os jogos gigantescos, que nos tiram da realidade por mais de 100 horas, e nos colocam na pele de personagens com personalidades, dramas pessoais, desejos e amizades. O jogador ”clama” por outras realidades que sirvam de fuga eficaz dos problemas do dia-a-dia, e a realidade virtual parece se encaixar como uma luva nesse cenário.

O Oculus Rift chega o mercado com uma biblioteca de mais 30 jogos, abrangendo diversas modalidades, como puzzle e exploração. Seus concorrentes,  o HTC Vive e o PlayStation VR também já estão prestes a entrar na disputa.

Vamos seguir acompanhando tudo isso aqui no SpheraGeek.

Erik de Oliveira

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>