SpheraRetro #01 – O Mundo dos Fones (eX-SpheraBio)

Geeks dos Céus,

A cada dia que passa acompanhamos as aparições cada vez mais certas desse bichinho chamado fone de ouvido.

Para cada lado que olhamos, lá está ele, nos ônibus, na furtividade dos motoristas que o usam para atender o celular (olha a multa!), para passar um tempo em uma fila… Ele nos acompanha em nossas atividades físicas, dentre outras milhares de situações.

Graças a essa massificação, chegamos a uma pergunta: até onde é bom ou ruim a disseminação do seu uso?

Uma coisa é clara, tudo em excesso é ruim e o seu uso exagerado vem se convertendo em uma fuga social. Convertendo cada vez mais para o não relacionamento com o meio, sem adentrarmos na questão de saúde, pois traz problemas sérios para a nossa audição.

Tais situações tanto acontecem que chegam ao ponto de duas pessoas se encontrarem, cumprimentarem-se e apenas trocarem umas poucas palavras e logo após colocarem seus respectivos fones e daí  se isolarem nos seus cantos e largar a realidade de lado. Isso é bom ou ruim? Será que esquecemos do bom bate papo?

Uso o meu querido foninho fofinho sempre. Pode ser caminhando, atendendo o celular ou ouvindo podcasts,  Mas isso me gerou um problema e não é social, sei o momento certo de tirá-los (pelo menos eu acho). Estou com um lado do meu ouvido com déficit de audição e segundo o doutor é oriundo ao uso contínuo do meu amiguinho. O mais interessante que ele falou é que isso cada vez mais se torna um problema normal e em breve teremos uma grande parte da sociedade tendo problemas sérios auditivos.

Contudo, algumas situações são extremamente necessárias para o seu uso, ainda mais quando alguém está com seu celular nas alturas ouvindo aquele funkinho ou o pagodinho básico. E tem mais, as pessoas esquecem que não são todas as pessoas que gostam de ouvir músicas que tem termos vulgares. Por isso que eu falo, leve um fone extra na sua bolsa ou em seu bolso e FONES NELES!!!