SpheraView #07: J.C.V.D.

Caro Spheronauta,
Voltando para mais uma analise de merda super demais, trago a vocês um drama com tons de um filme auto-biográfico estrelado por Jean-Claude Van Damme, e seu nome é JCVD.

Sinopse:

Uma maré de azar é pouco para esse prestigiado astro de hollywood. O roteiro mostra a vida de Jean-Claude Van Damme, sua trajetória nos EUA, do sucesso ao fracasso, desde a batalha judicial pela custódia de sua filha, problemas com a polícia, envolvimento com drogas, alcool até os impostos devidos ao governo. Agora, ele esta deixando os EUA para se renovar, voltando para o seu país, em busca de um pouco de tranquilidade e paz, que os Estados Unidos já não lhe oferecem mais. Mais do que nunca, esta será a sua maior luta de todos os tempos.
OBS: JCVD foi muito bem recebido pela crítica, e a revista TIME Magazine declarou o desempenho de Van Damme neste filme como a segunda melhor do ano de 2008, perdendo apenas para Heath Ledger no papel do Coringa em The Dark Knight).

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Zfb9pqDw_xU&w=400&h=225]

Analise

Vamos lá.
Comecei a assistir ao JCVD achando ser um filme sobre a vida do nosso querido Dragão Branco, porém ao me deparar com ele, vi que não era bem assim e isso meio que me deixou meio chateado, pois na época de seu lançamento o filme tinha sido vendido com essa idéia. Por gostar de filmes s, essa foi minha principal motivação, e se você de repente pensar como eu, lembre, não é bem assim que a coisa toda acontece.

JCVD começa com a história de um ator que está em decadência e sofrendo vários processos judiciais entre pensões alimentícias e a guarda de seus filhos, devido a isso ele se vê obrigado a fazer filmes de baixo orçamento pra poder pagar advogados, e ao que parece, essa é a parte realmente inspirada na vida de Jean-Claude. Dai começa a ficção e tudo mais. O filme para os fans dos filmes de ação, podem achar que JCVD deixa muito a desejar, porém como um filme em si, eu até curti. Achei ele um filme um pouco acima da média, mas nada muito além disso. O filme tem seus momentos de ação, mas o interessante mesmo é o drama em torno de uma determinada situação.

É um bom filme pra você pegar na sua pilha de DVDs pra completar a quantidade exigida na sua locadora naquela promoção especial do final de semana. Não irá te dar grandes emoções, mas também não é um filme ruim.
OBS: O monologo que JC faz durante o filme, realmente é interessante.

Nota Amantes do gênero: 2.0/5.0 Chutes voadora
Nota Geral: 2.8/5.0 Chutes voadora

Com Jean-Claude Van Damme, “JCVD” está nas melhores locadoras e serviços de video ondemand.

Sparcatts!!