SpheraView #09 – A Vida de Rafinha Bastos(série)

Caro Spheronauta,

Todo dia, durante anos, quando Salim chegava em casa, sua doméstica Jacira servia o jantar e ia tomar banho.
Até que um dia, Salim estava jantando e ficou ouvindo o barulho da água, pensando na Jacira tomando banho.
Estava sozinho em casa, mulher e filhos viajando.
Mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho…
Mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho…
Até que se levantou da mesa e foi até o banheiro. Bateu na porta:
– Jacira, vocę está tomando banho?
– Estou sim seu Salim.
– Jacira, abre a porta pra Salim.
– Mas seu Salim, estou nua!
– Jacira, abre a porta pra Salim.
– Jacira, abre a porta pra Salim.
– Jacira, abre a porta pra Salim.
Jacira năo resiste e acaba abrindo a porta.
Salim entra no banheiro, vę a Jacira nua e pergunta:
– Jacira, quer foder com Salim?
– Mas seu Salim…, eu năo sei…
– Jacira, quer foder com Salim?
– Sim, quero sim, seu Salim, pode vir que sou toda sua…
Entăo Salim pőe a măo no registro e diz:
– Năo vai foder Salim năo!!! Chega de gastar água.

E com essa piadinha infame de Judeu eu abro alas para a analise do episódio piloto de “A Vida de Rafinha Bastos”.

Sinopse:

A Vida de Rafinha Bastos retrata, de maneira inusitada e ao mesmo tempo realista, sobre o dia a dia do comediante. Suas discussões com a esposa, que acha suas piadas agressivas e gosta mais das piadas dos amigos dele; seu relacionamento com os amigos de stand-up — nem sempre engraçados, nem sempre amigos; e suas incursões pelo mundo dos famosos — o primeiro episódio tem participações especiais de Marília Gabriela e Rodrigo Minotauro.

Misturando elementos reais e ficcionais, a série mostra Rafinha engalfinhado numa comédia de erros. Suas piadas se voltam contra ele como bumerangues, deflagrando uma cadeia de eventos insólitos e constrangedores. Constrangedores e divertidos.

Provocante e afiada, a série mostra também o lado humano, escondido na persona pública de Rafinha – as ambiguidades e contradições, as aventuras e desventuras, as dúvidas e fragilidades de um comediante de 2,01 m de altura.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=eAtFcDXGrso]

Análise

Após assistir o piloto de “aVdeRB” senti que o Rafinha ainda não se encontrou na TV. Achei tudo muito morno, porém senti potencial, basta ser bem trabalhado. Sou super fã do trabalho dele, principalmente na área de Stand-Up, mas até aqui não vi nada de tão grandioso na série, afinal também é só um piloto.
Rafinha, que interpreta ele mesmo, não é mal ator e a câmera gosta dele, contudo não ficou legal, falta algo. Na metade do episódio eu já estava achando muito longo e até meio arrastado. Uma possível solução possa ser diminuir o tempo do episódio para 25mim e colocar o humor ácido e típico do humorista e que o fez se destacar. Afinal, isso é TV fechada, e não precisa de tantas “travas”, pode tentar ser mais ousado e ácido.

Episódio Piloto:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=hPNv9Q0TU0I]

Link do episódio no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=hPNv9Q0TU0I

Nota Amantes do gênero: 1.5/5.0 Cadeiras
Nota Geral: 2.5/5.0 Cadeiras

Com Rafinha Bastos, “A Vida de Rafinha Bastos” estreia em novembro no canal fechado FX.

Página da série

Facebook do Rafinha Bastos

Twitter do Rafinha Bastos

Canal do Rafinha bastos no Youtube

Shalom!!