SpheraView #11 – Jogos Vorazes

O criador recomenda que esta postagem seja lida ao som de:

.

Sinopse: 

A história é ambientada nas ruínas futuristas da América do Norte, agora dividida em uma capital e 12 distritos. Cada distrito fornece dois adolescente entre 12 e 18 anos, que competem no reality show de sobrevivência que dá nome ao livro. A trama é centrada em Katniss, adolescente de 16 anos que vai para o reality show no lugar de sua irmã, sorteada pelo distrito.

Geeks dos Céus,

Escolha suas armas, pois você foi escolhido como tributo do SpheraGeek, para participar dos jogos da paz. E sem mais delongas vamos destrinchar o mapa e montar a nossa estratégia.

O filme que custou 100 milhões de dólares foi dirigido e roteirizado pelo Diretor Gary Ross (Seabiscuit – Alma de Herói) é baseado no livro da Trilogia The Hunger Games, aqui no Brasil chamado de Jogos Vorazes. Feito pela autora Suzanne Collins. O 1º Livro detém o nome da Trilogia, que já está completamente lançada, inclusive aqui no Brasil. No nosso país até o momento já se vendeu mais de 200 mil cópias, estando em 1º lugar no rank da Revista Veja e pelo mundo soma-se já o somatória de 13 milhões de cópias vendidas da trilogia.

Agora que nos situamos iremos comentar um pouco sobre esse filme e abrindo os trabalhos vamos começar com a reclamação devastadora dos fãs dos livros, pois segundo eles alguns fatos importantes foram suprimidos do

filme e que o livro os atos são mais sanguinários. Rebatendo as críticas a direção respondeu dizendo que optou por um filme com uma faixa etária menor do que os 18 anos como deveria ser se seguisse o livro, para assim atingir uma maior quantidade de grana público. Infelizmente não li o livro ainda, to esperando baixar o valor para comprar o box, mas sobre a falta de sangue não me atinge, tendo ou não mais sangue não influência na ideia principal do filme, que foi muito bem elaborada.

O figurino e os efeitos foram bem selecionados e os atores são razoáveis,  mesclados com bons atores. A trama é bem trabalhada e vai mostrando o ponto a ponto de cada parte sem deixar ficar chato. Uma pena que são poucas cenas de ação e as que tem são muito rápidas.

O Jogo de relacionamento entre os participantes dos Distritos e a montagem de estratégia dão um bom tom ao filme. Amor, suor e sangue garantem um bom ibope.

Mesmo o final sendo bem cliché nos deixa interessado em saber o que irá acontecer depois e inclusive comprar os livros (Se F@d# Ai). nada melhor que um cliché bem contado, correto?

Um assunto bastante abordado sobre a inspiração (ou cópia) do filme em relação ao Mangá Battle Royale, mas deixarei para outro momento para fazer comparações, depois de ler a trilogia completa. Abaixo segue alguns links e fica a indicação de assistir o filme no cinema.

 Links: