105613.jpg-c_300_300_x-f_jpg-q_x-xxyxx

[SC] Guardiões da Galáxia – Vol. 2 é um filme família

Guardiões da Galáxia possui CINCO cenas pós-crédito!

Pronto, tirada a informação-spoiler que todos os sites já compartilharam, agora é dar algumas impressões sobre o filme.

A primeira história contada sobre esse grupo foi de reunião e como um bando de desajustados viria a salvar a galáxia. O volume dois apresenta uma família, isso é dito no trailer, e é exatamente o que Senhor das Estrelas, Gamorra, Drax, Rocket Racoon e Baby Groot serão durante todo o filme, uma família disfuncional que funciona justo por equilibrar seus defeitos e qualidades.Aliás, não é a toa que muitas das participações especiais no filme possuem uma ligação profunda com os personagens principais. Nisso, até a trilha sonora ajuda! (spoiler evitado)

Se alguém sentir saudade do tipo de humor que o diretor, roteirista, maquiador, músico e menino que levava as pizzas ao set, James Gunn, levou ao gênero de super heróis no cinema, ele está de volta! Para isso, Dave Batista como Drax proporcionam ótimas risadas com a sinceridade do personagem. Sentiu saudade da psicodelia espacial? Ela está de volta! Sentiu saudade da trilha sonora? Ela agora terá 300 músicas! Sentiu saudades das referências, Capitão? Então se prepare, pois elas estão em todo lugar! O único problema disso é serem de uma época bem específica, fazendo que algumas das referências se percam para o público bem mais jovem, afinal, Peter Quill, elas são todas de 1980 para trás.
Agora, muita gente já sabe que o Stalone está no filme, já confirmaram a Miley Cyrus, porém, há algumas participações que (alerta de spoiler), enfim, até o cameo do Stan Lee é de tirar o fôlego!

Agora, preparem lenços de papel, porque não é só de humor que este filme sobrevive!

Guardiões da Galáxia – Volume 2 é um filme recomendadíssimo se você é fã do grupo, se você não é fã do grupo!

Sem título4

[SC] NETFLIX – Os treze porquês [Thirteen reasons why] | #NãoSejaUmPorquê

Os treze porquês [Thirteen reasons why], lançamento recente da Netflix, traz assuntos importantes como bullying, depressão, machismo e suicídio. Sem dúvidas é uma série para ser discutida.
Esse vídeo não contém spoiler.
#NãoSejaUmPorquê

MINHAS REDES SOCIAIS

◾ twitter: http://twitter.com/_mdevaneios
◾ instagram: http://twitter.com/mdevaneios
◾ facebook: http://facebook.com/BlogMerosDevaneios
◾ tumblr: http://merosdevaneios.tumblr.com
◾ skoob: https://www.skoob.com.br/usuario/417640
◾ pinterest: https://br.pinterest.com/merosdevaneios

O Canal Meros Devaneios tem seu foco na literatura, mas também abrange assuntos relacionados ao mundo cinematográfico, das séries e ao universo pop e geek em geral. Seja muito bem vindo e sinta-se a vontade para interagir.
SE INSCREVA NO CANAL MEROS DEVANEIOS

 

 

Cinema

[SC] Lançamentos de Cinema – 20/04/2017

Olá Geeks! Eis os lançamentos da 7º arte para esta semana.

 

Gostosas, lindas e sexies (Ernani Nunes, Brasil)

Paixão Obsessiva (Unforgettable, Denise Di Novi, EUA)

Vida (Life, Daniel Espinosa, EUA)

Paterson (Jim Jarmusch, EUA)

O Sonho de Greta (Girl Asleep, Rosemary Myers, Austrália)

Joaquim (Marcelo Gomes, Brasil, Portugal)

O Profeta das Águas (Leopoldo Nunes, Brasil)

Cinema

[SC] Lançamentos de Cinema – 30/03/2017

Olá Geeks e Cinéfilos de plantão,

Vamos aos lançamentos de cinema que encerram as atividades de Março.

 

O Poderoso Chefinho (The Boss Baby, Tom McGrath, Estados Unidos)

A Vigilante do Amanhã (Ghost in the Shell, Rupert Sanders, Estados Unidos)

O Mundo Fora Do Lugar (Die Abhandene Welt, Margarethe von Trotta, Alemanha)

O Espaço Entre Nós (The Space Between Us, Peter Chelsom, EUA)

A Glória e A Graça (Flávio R. Tambellini, Brasil)

Os Belos Dias de Aranjuez (Les Beaux Jours d’Aranjuez, Wim Wenders, França, Alemanha)

O Ornitólogo (L’ornithologue, João Pedro Rodrigues, Portugal, França, Brasil)

Mulheres do Século 20 (20th Century Women, Mike Mills, EUA)

Dolores (Juan Dickinson, Argentina)

 

 

 

 

Cinema Cinema

[SC] Lançamentos do Cinema: 16/03/2017

Olá amigos, temos para esta semana boas estreias! Acompanhem!!

 

A Bela e a Fera (Beauty and the Beast, Bill Condon, Estados Unidos)

 

La Vingança (Fernando Fralha, Brasil)

 

Tinha que ser ele? (Why Him?, John Hamburg, EUA)

 

Na Vertical (Rester vertical, Alain Guiraudie, França)

 

Era o Hotel Cambridge (Eliane Caffé, Brasil)

 

O Filho de Joseph (Le fils de Joseph, Eugène Green, França, Bélgica)

 

Os Cowboys (Les Cowboys, Thomas Bidegain, França)

Clone_Troopers_Phase_I

[SC] Guerras Clônicas – Star Wars

Você já ouviu falar em Guerras Clônicas? As Guerras Clônicas foram um período no universo de Star Wars, onde houve um conflito entre a ordem Jedi (República Galáctica) e os Sith. Na época o povo comum não tinha conhecimento sobre os Sith, mais sim sobre a Confederação dos Sistemas Independentes.

Na verdade toda essa Guerra foi parte do plano do Chanceler Palpatine (Cujo Darth Sidious) , que optou por aprovar os clones para lutar juntamente  com os Jedi. É claro que uma hora essa bomba iria explodir, com a famosa ordem 66 que queria a execução de todos os Jedi. E foi exatamente isso que aconteceu.

Foi um extermínio praticamente total de Jedi.  Anakin Skywalker já se tornara Darth Vader, a ordem Jedi estava extinta e o que era república se via agora nas palavras do futuro Imperador “O Primeiro Império Galáctico”. E com a morte da República nasceu o Império Galáctico.

O universo ficou por um tempo em paz. Os gêmeos Skywalker foram separados até os eventos futuros.

Deixo esta dica no youtube para vocês acompanharem.

 

Cinema

[SC] Lançamentos do Cinema: 09/03/2017

Olá Geeks e Cinéfilos,

Esta semana está bem compensadora em relação as estreias da semana passada. Confira!

Silêncio (Silence, Martin Scorsese, EUA)

 

Kong: Ilha da Caveira (Kong: Skull Island, Jordan Vogt-Roberts, Estados Unidos)

 

Fome de Poder (The Founder, John Lee Hancock, EUA)

Antes Que Eu Vá (Before I Fall, Ry Russo-Young, EUA)

Denial (Mick Jackson, EUA, Reino Unido)

O Crime da Gávea (André Warwar, Brasil)

Fátima (Philippe Faucon, França, Canadá)

 

download

[SC] Crítica: Internet, o filme

Olá Geek, Nerds, Youtubers e amantes do cinema brasileiro, eu sou o Matheus do canal Geek All Stars e estreio como colaborador colunista aqui no SpheraGeek. Hoje falaremos sobre esse novo sucesso do cinema brasileiro composto por youtubers, “Loko é Poko né”.
Antes de ler minha coluna por completo, saiba que essas são minhas opiniões e que teremos SPOILERS!

Então, vamos nessa.

Sinopse: A realização de uma convenção de youtubers em um hotel atrai influenciadores de todo tipo e, é claro, seus fãs. A estrela maior do evento é Uesley (Gusta Stockler), um arrogante youtuber que destrata todos à sua volta e apenas se importa com a própria popularidade. Ao publicar em seu canal o flagra do beijo entre Mateus (Felipe Castanhari) e Natalia (Pathy dos Reis), Uesley sem querer impulsiona a popularidade da dupla, que passa a conquistar fãs como casal e, consequentemente, ofuscá-lo. Paralelamente, três amigos fazem uma aposta para que Vepê (Teddy) seduza Barbarinha (Polly Marinho), em troca de uma passagem para Los Angeles, e duas amigas, Malu (Thaynara OG) e Fabi (Gabi Lopes), chegam ao hotel sem saber que o local será palco de uma convenção de youtubers. Há ainda Cesinha Passos (Rafinha Bastos), que precisa aprender a lidar com a má fama que possui ao mesmo tempo em que convive com Adalgamir (Paulinho Serra), um fã que passa a trabalhar com ele, e também Paulinho (Rafael Cellbit), especialista em Street Fighter que se fantasia como youtuber e agora sofre a ameaça de ser desmascarado.

Mais agora vamos as minhas impressões:

O longa é recomendado para maiores de 14 anos e está recheado de palavrões (sem palavrões não iria ser um filme sobre a internet não é mesmo?), tem muita pegação, Cauê Moura indo para o céu, o Deus Catra usando o Wi-Fi do vizinho além da presença de Satanás.  

Se fosse pra dar uma nota pra esse filme de 0 a 07 spheras, eu daria 07! Pois com certeza assistirei novamente.

Então foi isso galera aqui do SpheraGeek esse foi meu “review” do longa brasileiro INTERNET O FILME. Espero que tenham gostado e peço que deixem seu feedback.

Então até a próxima galera! Tchau!

 

Zootopia - Pôster nacional_thumb[2]

[SC] Zootopia: Essa cidade é o Bicho! #EuNoOscar

Este ano a cerimônia do Oscar deu o que falar com suas trocas de cartões e piadinhas sem sentido. Mas não poderia deixar de parabenizar a academia pela excelente escolha desta fábula sobre a vida moderna que conseguiu desbancar os longas “Moana – Um mar de aventuras” e ” Kubo e as Cordas Mágicas” levando a estatueta de melhor longa de animação de 2016.

Sem dúvidas um prêmio indiscutível!

Sinopse: Judy Hopps é a pequena coelha de uma fazenda isolada, filha de agricultores que plantam cenouras há décadas. Mas ela tem sonhos maiores: pretende se mudar para a cidade grande, Zootopia, onde todas as espécies de animais convivem em harmonia, na intenção de se tornar a primeira coelha policial. Judy enfrenta o preconceito e as manipulações dos outros animais, mas conta com a ajuda inesperada da raposa Nick Wilde, conhecida por sua malícia e suas infrações. A inesperada dupla se dedica à busca de um animal desaparecido, descobrindo uma conspiração que afeta toda a cidade.

Este roteiro não se trata só sobre a temática de acreditar em um sonho. Traz críticas à sociedade, as nossas regras sociais e preconceitos de uma sociedade atual, “antenada”.

Judy, a coelha tinha o sonho de ser uma policial, mas de acordo com as regras deveria seguir sua familia numa vida na fazenda; Nick, a raposa, queria ser escoteiro, mas devido à exclusão e desconfiança que a sociedade impunha à sua “categoria”, sofre por ser fadado ao erro.

O que fazer? Que escolhas tomar? Eis um enredo sobre amizade, ética, e determinação (algo que algumas pessoas insistem em dizer ser demodê) kk

Curiosidades:

  • Em Zootopia, há um cartaz de Operação Big Hero (2014), no qual Baymax e Hiro voam sob os trilhos do trem.
  • A casa do Sr. Big é baseada em O Poderoso Chefão (1972). A entrada é trancada com uma corrente, o domicílio é modelado para parecer com a residência de Vito Corleone, e o escritório assemelha-se ao de Corleone. Os personagens principais, oficial Hopps e Nick, também são apresentados ao Sr. Big no dia do casamento de sua filha, que é como O Poderoso Chefão tem início.
  • Na cena do laboratório, os carneiros que entregam o café são chamados Walter e Jesse, referência aos personagens de Breaking Bad de mesmo nome.
  • O design de Nick Wilde é fortemente baseado na animação da Disney Robin Hood (1973), cujo personagem principal também é uma raposa.

 

 

og

[SC] La La Land #EuNoOscar

Nota do Editor: La la lande ganhou 6 Oscars 2017 (Melhor Diretor, Melhor Atriz, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Canção Original, Melhor Fotografia e Melhor Direção de Arte)

———————————————————————————–

Na minha opinião, La la Land será o grande vencedor da concorrida noite do cinema americano, a entrega dos Oscars, no próximo dia 26 de fevereiro, domingo de Carnaval. O filme é simplesmente espetacular. Um musical despretensioso com um roteiro muito interessante e com um final surpreendente. O filme também é uma homenagem aos grandes musicais hollywoodianos. É fácil enxergar ali Cantando na Chuva,  dentre outros.

A história de amor é envolvente e mostra Sebastian e Mia correndo atrás de suas carreiras. Ele, como pianista e ela como atriz, até que simplesmente se esbarram e se apaixonam. Os mocinhos não são perfeitos, têm defeitos, ambições, fraquezas e medos. São gente como a gente!!!!!

Ryan Gosling e Emma Stone, que concorrem aos prêmios de Melhor Ator e Melhor Atriz ,estão arrebentando em La la Land. Não é à toa que os dois estão arrebatando vários prêmios por aí. Eles estão simplesmente sensacionais. Emma está sensível, delicada e totalmente inserida na atmosfera nostálgica e sublime de La La Land, que é favoritaço a ganhar o Oscar de Melhor Filme e de Melhor Direção para Damian Chazelle. Seu desempenho é simplesmente espetacular e sua simbiose com Ryan Gosling é perfeita.

Ryan também arrebentou, mas tem em seus calcanhares Denzel Washington por Fences e Casey Afleck por Manchester à beira-mar. A meu ver, Denzel incomoda mais. Ryan está perfeito, com um  estilo próprio, mal-humorado compondo um músico que ama jazz e que quer levar seu sonho de um “Jazz Club” adiante. Ele aprendeu a tocar piano e passa veracidade ao tocar o instrumento, dança, canta, enfim incorpora de maneira doce e cativante um Fred Astaire.

Emma empresta seus olhos azuis grandões para uma mocinha batalhadora e sonhadora, que acaba tendo a ajuda do amado para realizar tudo que sempre sonhou a vida toda. Mia é o protótipo da heroína moderna.

La La Land é um filme de metalinguagem que resgata clássicos como Casablanca e Juventude Transviada e extravasa toda a paixão dos musicais. A cena inicial dos motoristas cantando no engarrafamento é simplesmente antológica e  é ali que os protagonistas se encontram, de maneira fugaz e inesperada. Sebastian ainda reluta e foge, mas depois acaba se entregando ao amor de Mia.

Eu vou torcer por Ryan Gosling e Emma Stone. Chorei muito na sessão. O filme me tocou profundamente. Talvez por amar musicais e esse é daqueles típicos, mesmo…Talvez pela perda da minha querida mãezinha no último dia 20 de janeiro…

Enfim, as atuações de Emma e Ryan são luminosas! Iluminem-se logo e corram para assistir La La Land. Para ontem!

Como todo bom filme, La la Land desperta amor e ódio! Eu simplesmente amei e fiquei refletindo muitos dias sobre o seu impacto e por toda a reflexão que ele causa. A música City of Stars também deve ganhar como Melhor Canção Original e se encaixa perfeitamente no enredo.

Aguardemos o dia 26 para ver a consagração de La la Land que bateu o recorde de indicações assim como Titanic e A malvada, com 14.

 

 

 

 

Esse post é in memoriam à Maria de Lurdes Faria de Barros, que ia pouco ao cinema, mas quando ia amava filmes nacionais! Seu filme predileto era Ghost! Descanse em paz, mamãe!

5950847_orig

#EuNoOscar: Conheça os indicados para melhor Filme

1.   Imagem

Ao chegar em Los Angeles o pianista de jazz Sebastian (Ryan Gosling) conhece a atriz iniciante Mia (Emma Stone) e os dois se apaixonam perdidamente. Em busca de oportunidades para suas carreiras na competitiva cidade, os jovens tentam fazer o relacionamento amoroso dar certo enquanto perseguem fama e sucesso.

2.   Imagem

Interior do Texas, Estados Unidos. Toby (Chris Pine) e Tanner (Ben Foster) são irmãos que, pressionados pela proximidade da hipoteca da fazenda da família, resolvem assaltar bancos para obter a quantia necessária ao pagamento. Com um detalhe: eles apenas roubam agências do próprio banco que está cobrando a hipoteca. Só que, no caminho, eles precisam lidar com um delegado veterano (Jeff Bridges), que está prestes a se aposentar.

3.   Imagem

1961. Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética disputam a supremacia na corrida espacial ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Tal situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigada a trabalhar a parte. É lá que estão Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe), grandes amigas que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado para que consigam ascender na hierarquia da NASA.

4.   Imagem

Baseado na aclamada e premiada peça teatral homônima. Um homem (Denzel Washington) que sonhava em se tornar um grande jogador de beisebol durante sua infância, acaba frustrado na vida como um catador de lixo.

 

5.   Picture

Quando seres interplanetários deixam marcas na Terra, a Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista especialista no assunto, é procurada por militares para traduzir os sinais e desvendar se os alienígenas representam uma ameaça ou não. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade.

 

6.    Imagem

Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo (Dev Patel) se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfretou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.

 

7.   Imagem

Durante a Segunda Guerra Mundial, o médico do exército Desmond T. Doss (Abdrew Garfield) se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas, porém, durante a Batalha de Okinawa ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens, sendo condecorado. O que faz de Doss o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana a receber a Medalha de Honra do Congresso.

8.   Imagem

Lee Chandler (Casey Affleck) é forçado a retornar para sua cidade natal com o objetivo de tomar conta de seu sobrinho adolescente após o pai (Kyle Chandler) do rapaz, seu irmão, falecer precocemente. Este retorno ficará ainda mais complicado quando Lee precisar enfrentar as razões que o fizeram ir embora e deixar sua família para trás, anos antes.

Fonte: Adoro Cinema