20 Mothim

[SC] Pokémon O Filme: Eu Escolho Você! (Estreia)

Olá Otakus,

Neste domingo estreia em alguns cinemas da Rede Cinemark o filme de uma das maiores franquias de todos os tempos: Pokemon. Sua história irá resumir e modernizar a 1ª temporada da série que teve seu início há 20 anos.

O filme estreou no japão no dia 15 de julho, teve uma boa arrecadação e boas críticas.

Abaixo o link para auxiliar a sua busca:

Cinemak

Crítica: Omelete

madmaxfury

SpheraCine #Oscar – Mad Max: Estrada da Fúria

Olá Geeks e Cinéfilos,

O ano de 2015 será inesquecivel para nós, nascidos nas décadas de 70, 80 e 90. E um dos filmes que nos marca profundamente é o Reboot do Mad Max: Estrada da Fúria.

Em maio do ano passado (2015), foi lançado esse que concorreu a dez estatuetas do Oscar, em sua edição de 2016. Onde ganhou 06, dentro das áreas tecnicas, merecidamente.

Com um roteiro bem simbólico para o restartar da franquia, temos uma história bem fraca, sem nada a acrescentar.

Em compensação, temos uma direção de arte impecável. Como estava bem enquadrado e bonito o filme. Não podemos deixar de citar o figurino e a maquiagem.

A trilha muito bem implementada dá o toque final ao que o filme merece.

Deixo aqui de 07 Spheras do Dragão somente 04, pois gostaria que  os personagens fossem mais bem trabalhados, roteiro melhor elaborado e deixo claro que não me importei de o Max dividir ou deixar de ser o principal para a Imperatriz Furiosa.

Só senti falta de uma história mais trabalhada!

Adios

 

Sinopse

Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentanto fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo.

 

Trailer

SpheraPlay #02: Novo DMC tem um grande desafio pela frente.

O criador recomenda que esta postagem seja lida ao som de:

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/56225061″ iframe=”true” /]

Este é um entre milhares de vídeos de combos de DMC4, que achei por um acaso há um tempo, bem legal.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=La1v4s8ZScY]

Impressionante, não? Dois personagens e toda essa variedade de combos e ataques. Pergunto-me se isso será possível no novo DMC, ainda mais que o “novo” Dante é um amálgama de Nero e Dante (coincidência ele posicionar a espada na esquerda, ter vários de seus golpes usados com a mão esquerda e sua espada esticar como o DevilBringer?). Dois personagens, por um. O que faz uma grande diferença pro Dante possuir uma gameplay tão robusta em DMC4, bem mais que o Nero ainda, são as diferentes armas e os estilos, característica vinda de DMC3. Coisas que parecem estar de fora, até o momento, deste novo DmC.
Recentemente a Capcom lançou um novo trailer para o reboot:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=A7oDHpEJEvU]

Tudo no game parece muito bem feito, indo dos gráficos na parte artística à técnica. Mas o melhor do game visto até agora no que se refere à parte jogável, é a mudança dos cenários em tempo real com um contexto de narrativa. Isso é de fato bem legal. As animações também estão muito bem feitas, o que é algo muito importante pra um game de ação e aventura.

Quanto aos controles, ao que parece a Rebellion – espada de Dante – agora pode mudar para várias formas diferentes. Pergunto-me se não haverão outras DevilArms (armas brancas e de fogo) pro Dante ou se serão as armas de fogo – Ebony e Ivory – e a espada tendo uma dinâmica como a Red Queen tinha pro Nero em DMC4. Uma coisa que gostaria de ver num DMC5 seria outras armas para Nero, o personagem tinha muito potencial a ser explorado ainda.

Outra característica notável é a velocidade.De fato o jogo parece estar um pouco mais lento, ainda mais pra combo makers, pelo fato de estar rodando a 30fps, metade do desempenhodos antigos games.Talvez exista alguma forma de aumentar a velocidade do Dante com o Devil Trigger.

Mas, o trunfo da Ninja Theory, produtora do novo game, é numa suposta história que eles adicionariam ao universo do game, o que é uma mudançarelação aos antigos games.A Capcom trazia um universo até interessante, mas se focavam muito mais na caracterização dos personagens do que numa trama elaborada, sem se levar muito a sério. mas, era suficiente até então. Um vídeo de divulgação da E3 deste ano mostra bastante da história e ambientes que o novo universo de Devil May Cry se propõe a trazer:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=ZoU2IDR8pY4]

As questões que ficam são: 1) se esse novo universo de Devil May Cry será suficiente para trazer o sucesso que a Capcom deseja para a franquia e 2) como a jogabilidade deste game é comparado aos antigos. Resumindo: comparando com os antigos games, como é o que definitivamente muda, e o que aparentemente não vai mudar em nada.

A Capcom possui ambições muito grandes com o novo game.Apesar dos antigos venderem bem, sempre na casa dos milhões, este reboot produzido por um estúdio ocidental (Ninja Theory) foi feito com a intenção de expandir os consumidoresda série no mercado ocidental, fazendo-a ultrapassar em muito a antiga série. Vendo este vídeo com todas as possibilidades que DMC4 apresentava e todo o material de divulgação do reboot, incluso os dois vídeos adicionados aqui, acho que este novo jogo tem um desafio muito grande em evoluir o melhor que a série oferecia – o seu complexo e divertido combate -, em favor de uma boa e instigante narrativa com uma jogabilidade bem mais simples, apenasreciclada dos games anteriores.

Até lá, encontra-se disponível a boa Devil May Cry HD Collection com os três primeiros games com um ótimo tratamento HD para os consoles atuais e DMC4 é relativamente fácil de achar.

A Capcom recentemente anunciou que o reboot DmC de Devil May Cry vem para Xbox 360 e PS3 em 15 de janeiro.